Tarot

Pouco se sabe sobre as origens do Tarot. Os primeiros registos escritos da sua existência remontam ao séc. XV e à corte italiana, numa altura em que os baralhos de tarot eram preciosidades, desenhados à mão e pintados com ouro. Mas a sua existência prévia a este período continua um mistério…
 
O tarot é um baralho de 78 cartas, subdividido em 3 grupos: Arcanos Maiores (representam transformações internas, profundas e com influência do Universo), Arcanos Menores (situações do dia a dia com que nos deparamos e teremos de lidar) e as cartas da Corte (pessoas ou energias representadas nas tiragens). Da junção destes três grupos conseguimos trabalhar, acedendo à informação contida no Inconsciente e isso permite ajudar a compreender o porquê das situações que ocorrem neste momento na sua vida e, ao mesmo tempo, a mostrar as opções que pode tomar e o que pode esperar delas.
 
Não se trata de adivinhação, mas sim de avaliar a psique humana, mostrando todas as suas potencialidades e daquilo que é capaz, até do que nem imagina…


Instrutor

Miguel Santos

Desde muito novo demonstrou curiosidade pelo oculto, pelo místico e por tudo o que envolvesse mistério e fosse inexplicável. Acabou por seguir, inicialmente, um percurso diferente com a licenciatura em Ciências Farmacêuticas, que ajudou a desenvolver conhecimento sobre saúde e sobre a forma de interagir com as pessoas. Mais tarde dedica-se ao estudo das artes oraculares e terapias energéticas. Tendo começado pelo Reiki, acabou por também fazer formação em Tarot, Baralho Cigano, Mesa Radiónica Quântica, Radiestesia, Numerologia, Aromaterapia e Fitoterapia Ocidental, Massagem, Cristaloterapia e Programação Neurolinguística.